Escudo de la República de Colombia Escudo de la República de Colombia
investigación
Logotipo UN
Elija un buscador del SIUN

Linhas temáticas

Linhas temáticas

Inicio

Metodologias participativas e questões epistemológicas

Esta vertente da conferência trata de legitimidade e validade de modos culturais e interculturais de construção do conhecimento em todo o mundo e em toda a sua diversidade.

Que dados podem ser obtidos por meio de metodologias participativas? O que envolve tornar uma metodologia "participativa"? A ciência deveria contribuir com as mudanças para melhor? Como os valores e a ética voltados a uma real cidadania global combinam com os princípios da pesquisa livre de valores? Como a pesquisa participativa pode ser defendida da alegação acadêmica de ser tendenciosa?

Transformando práticas e políticas

A investigação participativa visa gerar sistematicamente conhecimentos para a compreensão e a mudança social numa multiplicidade de contextos (por exemplo, na educação, nos serviços sociais ou nos cuidados de saúde).

Como os profissionais podem participar na pesquisa para melhor compreender e transformar suas práticas? Como isso pode ajudar na melhoria da situação da organização e do seu enquadramento político? Como podem os elaboradores de políticas trabalhar de forma participativa com as pessoas para políticas mais avançadas e socialmente justas?

Promover o desenvolvimento da comunidade, capacitando os movimentos de populares

Em ambientes rurais e urbanos, as pessoas podem melhorar a sua situação através do conhecimento e da análise das suas condições de vida e da política local subjacente.

Como os ativistas locais desempenham um papel fundamental no combate à discriminação e na obtenção de justiça e equidade? Como eles podem desenvolver planos para o crescimento sócio econômico e fortalecer a confiança da população local para resolver seus problemas? Onde sabedoria tradicional é reconhecida como um recurso precioso para visualizar um futuro em melhor e com mais dignidade? Como se expressa a solidariedade nos processos de desenvolvimento comunitário através de ações participativas?

Abordagens participativas para resolução de conflitos e reconciliação

Conflitos graves enraizados em interesses irreconciliáveis ??e uma história de violência e opressão em todo o mundo podem ser desafiados pela justaposição das perspectivas dos adversários e envolvê-los como participantes na pesquisa para a construção de um mundo melhor.

Como se pode alcançar a reconciliação? Como diferentes expressões culturais, teatro, dança, poesia e artes, podem ajudar na construção em confiança e no trabalho colaborativo para resolver conflitos? Como podemos nos envolver de forma participativa e experimentar novas formas de convivência?

Globalização alternativa em um mundo sustentável

A democracia do conhecimento é um conceito emergente com o objetivo de obter livre acesso ao conhecimento, propriedade pública e disseminação ética. A globalização não precisa ser reduzida a mercados livres mundiais para bens e mão-de-obra: também pode significar compartilhar riqueza e conhecimento. Algumas perguntas são:

Quem produz conhecimento? Em que contexto? E para quem? Onde o que é conhecimento gerado? Como pode ser usado, não para lucros privados e benefícios políticos, mas para um futuro esperançoso para toda a humanidade em um ambiente sustentável? Como estamos avançando para proteger o planeta que habitamos?

SESQUICENTENARIO